Notícia Policial
OPERAÇÃO CORPUS CHRISTI 2022 REFORÇO DO POLICIAMENTO RODOVIÁRIO NAS RODOVIAS PAULISTAS
Postado em 21/06/2022

OPERAÇÃO CORPUS CHRISTI 2022 REFORÇO DO POLICIAMENTO RODOVIÁRIO NAS RODOVIAS PAULISTAS

OPERAÇÃO “CORPUS CHRISTI 2022”
REFORÇO DO POLICIAMENTO RODOVIÁRIO NAS RODOVIAS PAULISTAS
 
POLICIA APREENDE GRANDE QUANTIDADE DE DROGAS
O 3º Batalhão de Polícia Rodoviária, juntamente com o Comando de Policiamento
Rodoviário (CPRv), segmento especializado da Polícia Militar do Estado de São Paulo, alinhado
ao Programa “Respeito à Vida - São Paulo Dirigindo com Responsabilidade” e à Segunda Década
de Ação pela Segurança no Trânsito 2021-2030 (ONU), intensificou as ações de policiamento nas
rodovias paulistas no período compreendido entre às 00h do dia 15 de junho (quarta-feira), até
as 23h59min do dia 19 de junho de 2022 (domingo), com a Operação “Corpus Christi 2022”,
promovendo ações de implemento ao policiamento, proporcionando mais segurança a todos os
usuários da malha rodoviária do Estado de São Paulo.
O 3º BPRv esteve presente, com todo o efetivo operacional empregado, diuturna e
estrategicamente, nos mais de 5.409 km da malha rodoviária do Estado de São Paulo, na região
de Araraquara, Rio Claro, São José do Rio Preto e Ribeirão Preto, direcionado às áreas de
incidência criminal e de sinistralidade viária, de forma a aumentar a percepção de segurança de
todos os usuários que necessitem fazer deslocamentos entre Municípios/Estados. A presença e a
visibilidade preponderam, sendo contínuo o trabalho conjunto com as Concessionárias de
Rodovias, DER, ARTESP e outros parceiros.
Durante todos esses dias, a atuação do Policiamento Rodoviário, buscou sedimentar
condições de trafegabilidade cada vez mais seguras, conscientes e humanizadas, com foco na
fiscalização da questão comportamental do motorista, posto que a falha humana constitui-se como
a principal causa de sinistros de trânsito (90%, segundo a OMS). Portanto, objetivando salvar vidas
e diminuir os sinistros na malha rodoviária estadual paulista, o Policiamento Rodoviário entende
que coibir as infrações de trânsito abaixo é uma das prioridades em suas ações.
Com o foco principal na preservação da vida, durante esse período, foram elaboradas
14.381 autuações por inúmeras infrações de trânsito, sendo 6.969 por excesso de velocidade,
1.325 por não uso do cinto de segurança (e outros dispositivos de retenção), 242 por dirigir
sob a influência de álcool (ou se recusarem a realizar o teste do etilômetro) e 292 por
ultrapassagens em locais proibidos, além de outras, demonstrando que a imprudência dos
motoristas ainda é elevada.
NOTA DE IMPRENSA
3º BPRv
Vale ainda observar que, durante o período, 1.145 motoristas foram submetidos aos
testes de alcoolemia e 04 condutores conduzidos à polícia judiciária pelo crime de embriaguez
ao volante.
Visando o combate aos diversos ilícitos penais, no mesmo período, o Policiamento
Rodoviário apreendeu mais de 1.200 kg de drogas e, somado a isso, 06 pessoas foram presas
em flagrante por diversos delitos e 04 procurados pela Justiça foram capturados e encaminhados
ao sistema penitenciário.
Foram registrados, durante o período, 211 sinistros de trânsito, sendo 76 com vítimas e
30 sem vítima. A maioria dos sinistros poderiam ter sido evitados, considerando que as principais
causas continuam relacionadas à imprudência, a negligência ou a imperícia dos condutores e/ou
pedestres, bem como, o desrespeito às sinalizações. Do total dos acidentes, resultaram 74 vítimas
leves, 22 feridos gravemente e 09 óbitos.

.
.



Jornal Cidades ⓒ Copyright 2022