Notícia Policial
MÉDICA PEDIÁTRICA RESPONDERÁ POR HOMICÍDIO DOLOSO EM CASO DE ARTHUR
Postado em 16/07/2021

MÉDICA PEDIÁTRICA RESPONDERÁ POR HOMICÍDIO DOLOSO EM CASO DE ARTHUR

MÉDICA PEDIÁTRICA RESPONDERÁ POR HOMICÍDIO DOLOSO EM CASO DE ARTHUR
 
Na noite de ontem (14 de julho de 2021), um boletim de ocorrência por homicídio doloso foi feito no nome da médica pediátrica que negou atendimento ao menino Arthur, de apenas 3 anos, na cidade de Jaboticabal.
O garoto estava em um estado grave de saúde, esperou pelo atendimento por horas e não resistiu, vindo a óbito.
 
Segundo o boletim de ocorrência:
"A autoridade policial deliberou pelo registro da ocorrência como homicídio doloso, nos termos do Art. 121, caput, do Código Penal, pois, mesmo após ser devidamente cientificada do gravíssimo estado de saúde de Arthur, a Dra. (...) não compareceu à UPA para prestar os devidos cuidados médico-pediátricos à vitima, circunstância que denota o dolo eventual da autora no tocante ao delito de homicídio."
Crime doloso é aquele em que o agente prevê o resultado lesivo de sua conduta e, mesmo assim, leva-a adiante, ocasionando o resultado.
.
A causa da morte do garoto ainda não foi divulgada, a ser confirmada oficialmente pelo Instituto Médico Legal de Araraquara. Ele estava vomitando, apresentava palidez e edema pulmonar, sofrendo três paradas cardíacas.
Um escorpião teria sido encontrado na cama dele após a confirmação do óbito. Os sintomas da picada de escorpião correspondem ao quadro clínico que o garoto apresentava.

.
.



Jornal Cidades ⓒ Copyright 2020