• Home »
  • Noticias »
  • Enem 2019 segundo domingo: prova cobra interpretação de dados mais do que cálculos
Enem 2019 segundo domingo: prova cobra interpretação de dados mais do que cálculos

Enem 2019 segundo domingo: prova cobra interpretação de dados mais do que cálculos

Enem 2019 segundo domingo: prova cobra interpretação de dados mais do que cálculos

Conteúdo equilibrado e pensamento analítico continuam a caracterizar esta, que é uma das avaliações mais importantes do Brasil

Dia 10 de novembro – Os estudantes que prestaram hoje o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) viram enunciados mais diretos, com foco maior em interpretação de dados (em relação aos cálculos). Ademar Celedônio, diretor de Ensino e Inovações Educacionais do SAS Plataforma de Educação comenta detalhes da avaliação. Confira o gabarito aqui

Em Química, viu-se enunciados mais diretos e distribuição equilibrada dos temas. Na questão 91 (caderno azul), o estudante precisa de muita interpretação de dados e conhecimento de mundo – foco em química ambiental. Está pergunta foi, inclusive, considerada muito bem elaborada.

“A prova de Física foi clássica, mas com pontos de difícil interpretação, como o enunciado que trata de um foguete soviético (119, caderno azul) pedindo conhecimentos em cinemática angular” afirma Celedônio. Calorimetria, assunto recorrente, caiu novamente este ano.

Já em Biologia, o conteúdo programático foi bem distribuído. Viu-se uma pergunta de tema inédito, genética de Linkage (110), o que surpreendeu por não ser um assunto muito tratado em aula. A forma como foi colocada, porém, facilitou o entendimento do enunciado.

Nas três disciplinas, a prova foi bem distribuída e sem grandes surpresas em relação às edições anteriores. “Pelo que avaliamos, os conteúdos estão ligeiramente mais fáceis se compararmos especificamente com a avaliação de 2018”, informa.

Já em Matemática, houveram duas questões de logaritmos, o terceiro ano seguido que esse tema está sendo cobrado. Matriz, que também não é recorrente no Enem, caiu este ano. A prova trouxe muitas situações problema e com foco maior em geometria (sete questões) e grandezas (oito perguntas). Menor peso em porcentagem. Gráficos, tabelas e probabilidade também estiveram presentes.

“O Enem 2019 manteve a tradição de puxar dos estudantes o conhecimento analítico independentemente da disciplina. Essa é a principal marca da prova”, finaliza o especialista, que também é professor de Matemática.

Sobre o SAS Plataforma de Educação

O SAS é uma Plataforma de Educação que desenvolve conteúdo, tecnologia e serviços para mais de 780 escolas em todo o Brasil. O SAS faz parte da Arco Educação, uma startup focada em soluções educacionais para o ensino básico que alia educação de excelência e gestão eficiente.