Mulher morre após cirurgia estética na região

Mulher morre após cirurgia estética na região

Morreu no início da tarde deste sábado, dia 19, a gerente de vendas Silmara Regina Rodrigues, 45 anos, que ficou dez dias internada no Hospital de Base de Rio Preto, após passar por uma cirurgia estética de redução de “papada” em um consultório dentário em Rio Preto. A clínica não tinha licença para realizar procedimentos cirúrgicos, e foi autuada por infração administrativa.

Na manhã do último dia 8, a araraquararense seria submetida a uma cirurgia de redução de papada – lipoplastia cervical. Ela, no entanto, teria passado mal após receber a anestesia. Foi colocada em um carro e o motorista parou em frente a uma clínica médica na avenida Alberto Andaló. Os profissionais fizeram o socorro da mulher, que estava tendo convulsões, até a chegada dos Bombeiros. A vítima teve parada cardiorrespiratória, foi reanimada e levada para o HB, onde novamente perdeu os sinais vitais.

A dentista que realizaria o procedimento é parente da paciente. A Vigilância Sanitária visitou a clínica e encontrou indícios de infrações éticas que serão reportados ao Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP).

Silmara deixa eu marido e dois filhos, de 18 anos e 7 anos.

fonte: Diário da Região (Rio Preto)