• Home »
  • Noticias »
  • Presidente Jair Bolsonaro participou de homenagem à família do PM Erik Henrique Ardenghe, morto em março de 2017.|
Presidente Jair Bolsonaro participou de homenagem à família do PM Erik Henrique Ardenghe, morto em março de 2017.|

Presidente Jair Bolsonaro participou de homenagem à família do PM Erik Henrique Ardenghe, morto em março de 2017.|

Presidente Jair Bolsonaro participou de homenagem à família do PM Erik Henrique Ardenghe, morto em março de 2017.|

Foto: Marcos Corrêa/PR
O presidente Jair Bolsonaro consolou, nesta sexta-feira (11), a mãe de um policial militar morto em combate, há dois anos, em Guariba (SP), durante evento da Escola de Sargentos da PM de São Paulo, no sambódromo do Anhembi.
Uma placa em honra à memória do soldado da PM Erick Henrique Ardenghe foi entregue à família.
A mãe do policial foi às lágrimas, sendo amparada pelo presidente.
Erick morreu vítima de tiros de fuzil disparados por assaltantes de carro-forte, em 13 de março de 2017.
Foi atingido na perna e na cabeça e, segundo a investigação na época, não teve tempo de reagir.
Outro policial que estava com ele conseguiu escapar com vida do ataque. Erick tinha 28 anos e seis de corporação.
O policial morto foi homenageado como patrono da turma de 697 sargentos da PM que se formaram nesta sexta no curso superior de tecnólogo em policiamento ostensivo e preservação da ordem pública.
O governador de São Paulo, João Doria, também participou da solenidade.
Placa em homenagem ao soldado da PM Erik Henrique Ardenghe, morto em março de 2017.| Marcos Corrêa/PR”
Vídeo: