Nova empresa deve gerar 40 empregos em Jaboticabal

Nova empresa deve gerar 40 empregos em Jaboticabal

Nova empresa deve gerar 40 empregos em Jaboticabal

Montar Montagem e Locações tem até 90 dias para iniciar a operação

Uma nova empresa está chegando a Jaboticabal. A Prefeitura alienou um imóvel de 2 mil metros quadrados na Rodovia Faria Lima (Km 326) nesta terça-feira (17). A Montar é especializada em montagem industrial e irá investir R$ 2,3 milhões. Devem ser contratados cerca de 40 funcionários de imediato, mas o número irá subir conforme assinatura dos novos contratos.

A alienação ocorreu via Concorrência Pública. “Nos últimos dois anos adotamos uma série de medidas e leis para desburocratizar e atrair novas empresas. Nossa cidade possui mão de obra qualificada, temos excelentes universidades e cursos técnicos. A ‘Montar Montagem e Locações’ chega ainda este ano e, em breve, teremos mais novidades na geração de empregos”, informa o prefeito José Carlos Hori.

“O prefeito Hori determinou que fosse criado medidas para gerar emprego. Sabemos que o desafio é grande já que o Brasil ultrapassa uma grave crise, mas nossa equipe criou projetos e leis de incentivos, além de estreitar o relacionamento com empresários. Continuamos trabalhando neste sentido”, diz o secretário de Planejamento, Paulo Polachini.

Confira ações da Prefeitura para atrair novaps empresas:

Pista do aeroporto – A pavimentação da pista de pouso e decolagem terá um investimento de R$ 2,5 milhões. Um aeroporto estruturado e moderno atrai empresas e mostra aos empresários o potencial de Jaboticabal, traz emprego e desenvolvimento.

Parque Tecnológico – A prefeitura está buscando uma área perto da Unesp e do aerporto para a construção do novo Parque de Desenvolvimento e Tecnologia. O objetivo é atrair grandes empresas no setor de tecnologia e inovação.

Novo Zoneamento – Jaboticabal desburocratizou com a a Lei Complementar nº 180, permitindo a instalação de empresas em qualquer região da cidade – o que não exclui a análise de outros órgãos envolvidos. O antigo zoneamento era um entrave para comerciantes e empresários. O início de um projeto agora é mais ágil e, imediatamente, o empreendedor já pode buscar os demais laudos, no Corpo de Bombeiro, na Cetesb ou na Vigilância Sanitária.

Distrito Industrial – A prefeitura comercializou novos lotes no Distrito Industrial. Ao todo, 13 empresas e três pessoas físicas participaram da concorrência pública. “Foram 16 interessados para 7 lotes, mostrando que temos empresários interessados em investir em Jaboticabal. Nosso próximo passo é cobrar a conclusão das obras de quem já comprou os lotes antigos e, caso isso não aconteça, abriremos nova concorrência para comercializar para quem, de fato, quer gerar emprego”, esclarece o secretário de Planejamento, Paulo Polachini.

Etec e Fatec com novos cursos -após reuniões com a superintendente do Centro Paula Souza, Hori e o deputado federal Arnaldo Jardim conseguiram trazer para a Fatec de Jaboticabal o curso gratuito de Tecnólogo em Gestão Ambiental.

Anel Viário – Retomada no atual governo, a construção do anel viário interligou as rodovias Prof. Paulo Donato Castelane e Brigadeiro Faria Lima. Criado para retirar o tráfego de caminhões da área central da cidade e melhorar a ligação entre os bairros, o contorno também aproximou as áreas rural e urbana, interligou Jaboticabal aos demais municípios da região e está facilitando o escoamento da produção.

Alvará Provisório em 48h – A mudança na lei permitiu a expedição de Alvará provisório em 48 horas, com o objetivo de criar ferramentas que incentivem a abertura de novas empresas. Outra mudança importante é o aumento de prazo para as adequações necessárias para que a empresa inicie suas atividades.

Alvará de funcionamento em 24h – E a lei avançou ainda mais. Em Jaboticabal, uma empresa possou a ser aberta em 24 horas, com o intuito de desburocratizar e incentivar surgimento de empresas. As mudanças não pararam por aí. A renovação do alvará de funcionamento ficou mais flexiva: passou de anual para a cada três anos. Já o alvará provisório passou de 30 dias para 60 dias.

Fiscalização orientadora – Outra ação importante foi o fortalecimento de ações orientadoras para nortear as empresas. Com a nova medida, o empresário tem a chance de se regularizar antes de receber o auto de infração. Ao identificar um problema, o fiscal realiza uma abordagem orientadora e determina o prazo de 30 dias para que o empresário se enquadre nas normas vigentes. Se persistir a irregularidade, é penalizado com multa.

Comércio 24h – A Prefeitura criou o Projeto de Lei Complementar nº 01/2019 para liberar comércio a abrir 24h em Jaboticabal. A mudança beneficia a livre concorrência, estimula a busca por preços menores, fomenta a economia e incentiva a geração de empregos. Após um mês de discussões, a polêmica chegou ao fim no dia 30 de abril, quando o presidente Jair Bolsonaro assinou uma Medida Provisória nº 881/19 (MP da Liberdade Econômica), que já está em vigor em todo o Brasil.

Plano de Mobilidade – O Plano de Mobilidade Urbana foi aprovado em 2018. O projeto inclui diversas mudanças no trânsito para tornar município mais acessível e organizada para pedestres, condutores, ciclistas e deficientes físicos. As melhorias já devem começar em 2019 e tem 10 anos para serem concluídas.