• Home »
  • Noticias »
  • POLÍCIA MILITAR DE GUARIBA PRENDE QUADRILHA POR ROUBO, FALSIDADE IDEOLÓGICA E CÁRCERE PRIVADO NO JARDIM HORTÊNCIA.
POLÍCIA MILITAR DE GUARIBA PRENDE QUADRILHA POR ROUBO, FALSIDADE IDEOLÓGICA E CÁRCERE PRIVADO NO JARDIM HORTÊNCIA.

POLÍCIA MILITAR DE GUARIBA PRENDE QUADRILHA POR ROUBO, FALSIDADE IDEOLÓGICA E CÁRCERE PRIVADO NO JARDIM HORTÊNCIA.

A POLÍCIA MILITAR DE GUARIBA foi acionada através do COPOM onde segundo solicitação uma pessoa era mantida em cárcere privado ( Sequestro). Com apoio de viaturas da área do 43°BPM/I conseguiram localizar a vítima onde informou ter vindo resolver assuntos particulares com sua ex- amasia no Bairro Mario Caseri e por volta das 01:00hr de hoje dia 23 de Junho de 2019 fora agredido tendo seu celular, pertences e seu veículo Gol subtraidos, onde após as agressões foi levado para os fundos de uma residência na Av. José Zanotto localizada no Jardim Hortência onde foi aprisionado . No local citado pela vítima foi encontrado 03 indivíduos pertencentes a quadrilha dentre estes uma mulher também foi encotrado 02 ( Facões) e uma faca artesanal tipo adaga. Segundo a vítima um casal já conhecido pelos meios policiais estaria envolvido mas não se encontravam no local na hora das prisões. Segundo a vitima a mulher utilizava de extrema violência e no momento que conseguiu escapar da quadrilha estaria sendo levado por este casal a um local onde seria executado. O casal foragido é conhecido pelos meios policiais sendo a mulher presa por duas vezes este mês por roubo a veículo e por trafico de drogas mas responde ambos processos em liberdade. Os indivíduos abordados foram conduzidos ao Plantão Policial onde durante verificação constatou que um dos indivíduos estaria utilizando nome falso. Durante a elaboração da ocorrência foi recebido denúncia anônima apontando onde estaria o veículo da vítima sendo o veículo localizado e entregue ao dono. O Delegado de Polícia Dr. Felix elaborou o Bopc e os Autos à respeito mantendo a prisão de um dos indivíduos permanecendo à disposição da Justiça Pública. O Demais foram indiciados e será pedido o mandado de prisão preventiva junto ao vivo Ministério Público. Mais uma RESPOSTA RÁPIDA da POLÍCIA MILITAR DE GUARIBA.