MP  investiga super salários na Câmara de Jaboticabal

MP investiga super salários na Câmara de Jaboticabal

Uma denúncia que chegou ao Ministério da cidade de Jaboticabal cita alguns super salários pagos a alguns funcionários da câmara . Segundo a denúncia feita pelo Vereador Pepa Servidone o salário de faxineira chegaria a 8 mil reais com os benefícios. O salário de motorista chegaria a 11 mil reais com os adicionais e o de diretor da Câmara chegaria a 22 mil reais.

O vereador Pepa Servidone levou o caso ao Ministério Público, que agora investiga a denúncia.

O presidente da câmara de Jaboticabal Preto Cabelereiro falou sobre o assunto ao jornalista Rogério Constantino:

EDITORIAL – Independente da legalidade ou não dos pagamentos feitos é no mínimo uma imoralidade que alguns funcionários venham a ganhar tal quantia, enquanto vemos que na maioria das cidades os funcionários públicos não tem nenhum reajuste em seu s salários. Regalia pra uns, enquanto pra outros nada.