• Home »
  • Noticias »
  • POLÍCIA CIVIL EM PIRANGI ESCLARECE AUTORIA E PRENDE SUSPEITO DE PRATICAR DUPLO CASO DE ESTUPRO DURANTE OS FESTEJOS CARNAVALESCOS.
POLÍCIA CIVIL EM PIRANGI ESCLARECE AUTORIA E PRENDE SUSPEITO DE PRATICAR DUPLO CASO DE ESTUPRO DURANTE OS FESTEJOS CARNAVALESCOS.

POLÍCIA CIVIL EM PIRANGI ESCLARECE AUTORIA E PRENDE SUSPEITO DE PRATICAR DUPLO CASO DE ESTUPRO DURANTE OS FESTEJOS CARNAVALESCOS.

POLÍCIA CIVIL EM PIRANGI ESCLARECE AUTORIA E PRENDE SUSPEITO DE PRATICAR DUPLO CASO DE ESTUPRO DURANTE OS FESTEJOS CARNAVALESCOS.

A Polícia Civil no município de Pirangi, distante 382 km da capital, após um prévio e detalhado trabalho de investigação, conseguira identificar e, em seguida, prender um suspeito de ter praticado um duplo caso de estupro na madruga do ultimo dia 04, isto ao final de festejos carnavalescos que estavam sendo realizados na área central da própria cidade de Pirangi e que vitimara duas adolescentes, sendo uma de 17 anos de idade e outra de apenas 12 anos de idade.

As investigações realizadas pelos agentes da Polícia Civil acabaram indicando fortes evidências de que o autor desse crime, praticado, inclusive, com grave ameaça e arma de fogo, seria o lavrador L. A. N., de 23 anos de idade, possibilitando que, na sequencia, fosse solicitada e decretação de sua respectiva prisão temporária.

Com sua captura, este fora prontamente reconhecido pelas suas vítimas e acabara assumindo que, naquela madrugada, teria realmente subtraído, mediante grave ameaça com um simulacro de arma de fogo, este, inclusive, já localizado e apreendido pelos agentes, os aparelhos celulares das vítimas, negando, entretanto, que tivesse praticado qualquer tipo de ato libidinoso contra suas vítimas.

O Delegado de Polícia Marcelo Rodrigues Salvador, responsável pela coordenação dos trabalhos, disse que as provas que conseguiram carrear para os autos do correlato inquérito policial instaurado para apuração dos fatos, foram bastante robustas no sentido de se poder afirmar categoricamente que L. A. N. não apenas praticara o crime de roubo à mão armada por ele já assumido, como também praticara o hediondo crime de estupro contra as duas jovens vítimas que tinham acabado de participar de uma festa carnavalesca e dirigiam-se tranquilamente para suas respectivas residências. Disse ainda esperar que o suspeito seja denunciado, processado e condenado pela prática de todos esses graves crimes e, principalmente, que responda ao respectivo processo recolhido em alguma unidade prisional da SAP.

Por: Assessoria de Comunicação Social – Delegacia Seccional de Polícia de Bebedouro – Telefone PABX 17-3342.7677.