Taquaritinga reforça prevenção contra a dengue

Taquaritinga reforça prevenção contra a dengue

Taquaritinga reforça prevenção contra a dengue
A Prefeitura de Taquaritinga decidiu reforçar a prevenção contra a
dengue, preocupada com os casos registrados no município e na região.
Até quarta-feira (30), o Demcove (Departamento de Controle de Vetores)
contabilizava seis casos confirmados da doença e outros 14 suspeitos.
Municípios da microrregião, como Jaboticabal, Monte Alto e Itápolis
também têm confirmações. Araraquara, já registrou mais de 150 casos e
Ribeirão Preto, que acumula 52 confirmações em janeiro, está em alerta
para a dengue tipo 2, que é a mais agressiva.
Na terça-feira (29), agentes do Demcove promoveram a nebulização
(aplicação de inseticida líquido) nas proximidades da Rua José Lofrano,
no Jardim Laranjeiras, devido um caso reagente de dengue confirmado no
bairro.
De acordo com o diretor da pasta, Fabrício Araújo, dos seis casos
confirmados de dengue em janeiro, três foram verificados no Jardim
laranjeiras, um no Talavasso, outro no Condomínio São Bento e um na
parte alta do Jardim São Sebastião.
Segundo o diretor, existem outros cinco casos suspeitos da doença no
Jardim São Sebastião (três na parte alta e dois na baixa), três no
Laranjeiras e dois no Jardim Contendas. Vila Esperança, Jardim Buscardi,
Talavasso e Jardim Santo Antônio têm um caso suspeito em cada bairro.
“O trabalho de prevenção é importante para impedir a disseminação da
doença”, explica Araújo. “Outra preocupação é com os muitos casos
registrados na região, sendo que muitas pessoas destes municípios
estarão em Taquaritinga por ocasião do carnaval”, ressaltou.
Além de Araraquara e Ribeirão, com registro de dezenas de casos dengue,
na microrregião, Matão contabiliza oito confirmações, Itápolis tem dois
casos e Monte Alto, um.