• Home »
  • Noticias »
  • O “FALA PRADÓPOLIS”, GRUPO VIRTUAL DAS REDES SOCIAIS, ACABOU – Afirma morador
O “FALA PRADÓPOLIS”, GRUPO VIRTUAL DAS REDES SOCIAIS, ACABOU – Afirma morador

O “FALA PRADÓPOLIS”, GRUPO VIRTUAL DAS REDES SOCIAIS, ACABOU – Afirma morador

Morador de Pradopolis se diz chateado com grupo de Pradopolis:

O “FALA PRADÓPOLIS”, GRUPO VIRTUAL DAS REDES SOCIAIS, ACABOU. De acordo com FERNANDO JUNER, membro e EX-MODERADOR do grupo FALA PRADÓPOLIS, afirma que a tirania se instalou em Pradópolis. O grupo intelectualizado e fundado por THIAGO CASTRO, VICE-PREFEITO e MÁRIO VERONEZI, DIRETOR DE TRÂNSITO E TRANSPORTE, servidores públicos de Pradópolis, o FALA PRADÓPOLIS, foi criado, fundamentalmente, para propagar ofensas, discórdias, calúnias, injúrias e difamações contra integrantes da administração 2013/2016, com o objetivo de derrubar os integrantes do governo passado para se chegar ao poder.

Segundo informações, a tirania se instalou porque os membros ADMINISTRADORES usam do grupo para calar aqueles que vão contra quem ataca e fiscaliza os atos da administração atual 2017/2020, governo do BUCHERA E THIAGO CASTRO. JUNER acusa, publicamente, que os servidores municipais, que são membros ADMINISTRADORES DO GRUPO, apagam muitas postagens e, a gota d’água, segundo ele foi o seguinte: “recentemente apagaram uma enquete que visava reduzir altos salários do quadro de funcionários comissionados do município, que chegam a ganhar quase 10 mil quando tiram o 13º, e o administrador do grupo faz parte desse quadro, não quis o salário reduzido.”, referindo-se a MÁRIO VERONEZI. Não é a primeira pessoa que reclama, muitos já tiveram mensagens excluídas e posteriormente foram bloqueados porque foram considerados membros “indesejados”, uma vez que não compartilharam das mesmas ideias dos tiranos.

Passados mais de dois anos das eleições municipais de 2016, o governo atual do PREFEITO BUCHERA e do VICE-PREFEITO THIAGO CASTRO, assim como JUNER, a população percebeu que votou nos governantes errados, de acordo com uma senhora, que está revoltada, disse o seguinte: “Só sabiam falar mal do outro prefeito, agora que estão lá não sabem fazer nada, é um tal de falar e voltar atrás, não tem palavra.

” E completa: “Se soubesse que era assim tinha deixado o outro lá, pelo menos ele tinha palavra e coragem, o que podia fazia, se não podia falava não e pronto” Esses governantes se esquecem que o tempo é o senhor de tudo. Praticamente dois anos se passaram, falaram, acusaram demais, não estão dando conta e 2020 é amanhã. E agora? Como era bom jogar pedra na vidraça alheia, porém havia esquecido que possuía telhado de vidro, assim diz o ditado popular “Pau que bate em Chico, bate em Francisc