Executivo propõe lei que concede isenção de ISSQN para instalação da planta de Biogás da Usina Raízen, Unidade Bonfim

Executivo propõe lei que concede isenção de ISSQN para instalação da planta de Biogás da Usina Raízen, Unidade Bonfim

Executivo propõe lei que concede isenção de ISSQN para instalação da planta de Biogás da Usina Raízen, Unidade Bonfim

A Câmara de Guariba, na sessão extraordinária de terça-feira (09/10), aprovou por unanimidade o Projeto de Lei Complementar nº 071/2018 de autoria do Executivo Municipal, que isenta a empresa Raízen – Unidade Bonfim de pagar o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza – ISSQN, sobre a instalação da planta de Biogás que está sendo implantada na Unidade.

Com essa medida a Prefeitura visa incentivar a geração de empregos, além de influenciar positivamente a economia local. A construção da obra está orçada em 153 milhões de reais e serão gerados 300 empregos diretamente em ocasião das obras. A expectativa de faturamento mensal é de R$ 35 milhões, fato que elevará as receitas do Município geradas através do ICMS pela venda de energia elétrica, além dos ganhos com impostos, tendo também a geração de novos postos de trabalho já em 2019.

Quando o projeto for finalizado, em julho de 2019, serão gerados cerca de 150 empregos, sendo 30 diretos e 120 indiretos. Segundo a empresa, o biogás será gerado a partir de torta de filtro e vinhaça, subprodutos da cana. A Raízen já opera uma usina com capacidade para moer 5 milhões de toneladas de cana por ano e com infraestrutura de exportação de energia.

O presidente da Câmara, Cássio Santa Cruz, destaca a união do legislativo municipal com o executivo para a viabilização de projetos que beneficiam o Município e sua população. “Estamos trabalhando em sintonia para criar oportunidades ao povo de Guariba. Todo projeto que é benéfico e positivo para nossa cidade será sempre apoiado pela Câmara. Em nome de todos os vereadores desejo que esta nova Usina de Biogás seja um marco positivo do desenvolvimento de Guariba e de seu povo”, destacou Cássio.

Espera-se uma produção de 138 mil MWh por ano, suficiente para abastecer, por exemplo, o município de Guariba e as cidades próximas, no interior paulista. O prefeito Dr. Francisco falou da importância em apoiar e incentivar o projeto visando o desenvolvimento do Município.

“É um grande orgulho para nossa cidade poder contar com uma empresa pioneira e gigante no setor sucroenergético. A planta de Biogás da Raízen vai ajudar no desenvolvimento econômico de nossa cidade gerando empregos diretos e indiretos, por isso nossa população precisa entender a importância em se qualificar, ou seja, temos que nos preparar para estas oportunidades para apresentar condições de participar deste grande projeto. Conseguimos junto ao Governo do Estado trazer mais dois cursos para a ETEC de Guariba, Ensino Técnico em Química e Ensino Técnico em Biotecnologia, diretamente ligados à demanda da nova Usina. Estamos trabalhando para oferece oportunidades para que nossa população possa aproveitar esta grande chance que está surgindo dentro de nosso próprio Município”, enfatizou o prefeito.

O projeto de biogás da Raízen tem relevância internacional, pelos ganhos ao meio ambiente que ele proporciona e uma tecnologia limpa e com benefícios para o consumidor.

O prefeito agradeceu aos vereadores pelo apoio na aprovação do projeto de lei. “Agradeço à Câmara pela aprovação do projeto, estamos todos empenhados pelo desenvolvimento de nossa cidade. Incentivando a geração de emprego e atraindo a indústria elevamos nosso potencial de crescimento econômico e de qualidade de vida de nossos cidadãos. Muito obrigado a todos, esperamos que nossa população se prepare para esta nova etapa que vem surgindo para nós”, finalizou.

Assessoria Municipal de Comunicação