Matão vive mais um dia em meio ao lixo e a sujeira

Matão vive mais um dia em meio ao lixo e a sujeira

 Sábado, dia 15 de setembro. Mais um dia onde o lixo de Matão não é recolhido . Em vários pontos o lixo já começa a feder. Moradores estão pegando seu lixo e jogando em terrenos baldios, cachorros estão rasgando os sacos. Mau cheiro em diversos pontos. Esta novela mexicana que se transformou o recolhimento e coleta do lixo em Matão ja passou dos limites aceitáveis. E claro que existe também uma irresponsabilidade da empresa responsável que não mantém nem o mínimo de recolhimento. Um protesto desta forma é inaceitável, e tinha que levar ao rompimento do contrato.

A população não pode pagar pelo descaso e irresponsabilidade do Prefeito e da empresa. O lixo esta fedendo, e pode levar a propagação de pragas. É preciso que o Ministério público aja e tome providências. A população não pode viver em meio a toda esta sujeira.

Editorial  –  Na opinião deste jornalista a empresa esta fazendo isso justamente no dia do rodeio como forma de pressão e retaliação, já que a Prefeitura gastou 160 mil reais na contratação do show de João Bosco e Vinicius, que teve portões abertos a população . É claro que quando a pessoa deve dinheiro pra gente e faz festa em sua casa isso causa uma revolta muito grande, mas o boicote ao recolhimento do lixo com certeza não é a melhor maneira de se resolver, porque quem esta pagando a conta são os moradores.

CASSAÇÃO SERIA A SOLUÇÃO??

O prefeito Edinardo Esquetini parece ter perdido o controle da situação, e hoje sofre um processo de investigação na câmara por  irregularidades administrativas. A vereadora Sonia Moura, presidente da comissão já deu inicio ao processo, e já notificou o Prefeito Para explicações.

O caos administrativo e as irregularidades podem  ser o caminho para que Matão volte a ter um governo responsável e digno de seus moradores. PELAS IRREGULARIDADES, DIPLOMAS FALSOS, INVESTIGAÇÕES POR CORRUPÇÃO, PELO LIXO E SUJEIRA, FORA  ESQUETINI.