POLÍCIA FEDERAL DEFLAGRA OPERAÇÃO APATE

POLÍCIA FEDERAL DEFLAGRA OPERAÇÃO APATE

POLÍCIA FEDERAL DEFLAGRA OPERAÇÃO APATE

A Polícia Federal, com o apoio do INSS, deflagra nesta manhã a operação APATE, que visa desarticular organização criminosa voltada à prática de fraude em face da Previdência Social. As fraudes consistiam na criação de vínculos empregatícios fictícios e extemporâneos, com transmissão de dados pelo sistema “SEFIP/Conectividade Social” – Guia de Recolhimento do FGTS e Informações para a Previdência Social (GFIP), para fins de obtenção de benefícios previdenciários. Estão sendo cumpridos nas cidades de Araraquara e São Carlos 04 mandados de prisão preventiva e 06 de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal de São Carlos.

Durante as investigações, realizadas com apoio da inteligência da Previdência Social, apurou-se um prejuízo ao erário público de R$ 4.403.000,00 (quatro milhões, quatrocentos e três mil reais). Considerando-se a expectativa de vida do brasileiro, e sem considerar a inclusão de outros falsos vínculos inidôneos, pode-se considerar que o prejuízo aos cofres públicos chegariam a R$ 16.800.000,00 (dezesseis milhões e oitocentos mil reais). Os investigados responderão pelos crimes tipificados nos artigos 171, § 3o, do Código Penal, e 2º, caput, da Lei 12850/13.