Taquaritinga O resgate da palmeira

Taquaritinga O resgate da palmeira

O resgate da palmeira

A palmeira-rabo-de-raposa (Wodyetia bifurcata) é uma das mais belas espécies de palmeiras, plantas que, junto com os coqueiros, são as árvores-símbolo de Taquaritinga, presentes no nosso Brasão de Armas.

A palmeira-rabo-de-raposa é uma árvore de origem australiana, só descoberta em 1978, quando aborígenes as apresentaram aos botânicos que exploravam a região. Tem um tronco único, elegante, com folhas espetaculares, grandes, arqueadas, que se irradiam em todos os ângulos, apresenta frutos avermelhados, quando maduros, com capacidade de se autofecundar. Hoje, é uma das plantas mais procuradas pelos paisagistas por sua beleza e resistência, podendo ser plantadas sob sol pleno ou à meia sombra, com grande resistência à falta d’água, e cresce de 60 a 90 centímetros ao ano.

Na quarta-feira (27/06), a secretaria Municipal de Obras e Meio Ambiente “resgatou” três palmeiras-rabo-de-raposa, que foram doadas por Dona Ermelinda, moradora do bairro Laranjeiras. A intenção era retirá-las da frente de sua casa e, ao invés de jogar fora, acionou o Departamento do Meio Ambiente, que promoveu a retirada das palmeiras e o replantio na Praça Dona Ernesta Buscardi, onde é a Igreja Matriz de Santa Luzia, na Vila Buscardi.

Um final feliz para três árvores tão belas e, cuja espécie simboliza nossa cidade.