Governador e Arnaldo Jardim anunciam FATEC para Matão

Governador e Arnaldo Jardim anunciam FATEC para Matão

O governador Márcio França inaugurou nesta quinta-feira, 31, as novas instalações da Escola Técnica Estadual (Etec) Sylvio de Mattos Carvalho, de Matão e descerrou a placa de inauguração do Centro de Convivência do Idoso (CCI) “Roberto Rossi”. A solenidade contou com a presença do secretário de Desenvolvimento Social, Gilberto Nascimento.

Além, da entrega destas duas obras o Governador atendeu a um pedido do Prefeito Esquetini e confirmou a construção de uma FATEC na cidade. ?O governador ainda anunciou  verbas de 25 milhões para recape e manutenção de vias nas cidades da região.

 – Nós tratamos todos os prefeitos iguais e estamos liberando recursos para todas as cidades da região para recuperação de malhas viárias – afirmou o Governador.

Sobre o assunto o Governador deu entrevista coletiva assim bem como o deputado Arnaldo Jardim.

OUÇA AUDIO- 

“Tenho orgulho de inaugurar o Centro do Idoso e também a nova ETEC, além de autorizar o início da licitação da obra da Fatec aqui na cidade, serão R$12 milhões de investimento”, estacou Márcio França, durante o discurso.

O Estado investiu R$ 7,7 milhões na reforma e ampliação da unidade, integrada ao CPS em 1994. Após as obras, com os dois novos blocos pedagógicos, a área construída da Etec passou de 3,3 mil metros quadrados para 5,1 mil metros quadrados.

Atualmente as instalações da Etec, incluindo outros quatro prédios ampliados e reformados, abrigam: 15 salas de aula,19 laboratórios (sendo 8 de Informática; 1 de Máquinas Operatrizes, Processos de Fabricação e Soldagem; 1 de Comando Numérico Computadorizado (CNC); 1 de Robótica e Controlador Lógico Programável (CLP); 1 de Hidráulica e Pneumática; 1 de Metrologia, Metalografia e Ensaios Mecânicos; 1 de Eletrônica Analógica; 1 de Comandos e Máquinas Elétricas; 1 de Instalações Elétricas e Telecomunicações; 1 de Eletrônica Digital e de Eletrônica Industrial de Potência; 1 de Enfermagem; e 1 de Ciências), Centro de Memória, anfiteatro, biblioteca, salas administrativas e quadra coberta com arquibancada, entre outros ambientes.

Neste semestre estão matriculados na unidade 912 alunos, nos cursos técnicos de Eletrotécnica, Enfermagem, Informática, Informática para internet integrado ao Ensino Médio, Mecânica, Mecatrônica, Mecatrônica integrado ao Ensino Médio e Recursos Humanos. O processo seletivo para o segundo semestre oferece 220 vagas, distribuídas entre cinco cursos. A novidade é o curso técnico de Desenvolvimento de Sistemas, no período da tarde. A prova do Vestibulinho será no dia 24 de junho.

Sobre o Centro Paula Souza – Autarquia do Governo do Estado de São Paulo vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, o Centro Paula Souza administra as Faculdades de Tecnologia (Fatecs) e as Escolas Técnicas (Etecs) estaduais, além das classes descentralizadas – unidades que funcionam com um ou mais cursos técnicos, sob a supervisão de uma Etec –, em aproximadamente 300 municípios paulistas. Nas Etecs, o número de matriculados nos Ensinos Médio, Técnico integrado ao Médio e no Ensino Técnico, para os setores Industrial, Agropecuário e de Serviços, ultrapassa 211 mil estudantes. As Fatecs atendem mais de 81 mil alunos nos cursos de graduação tecnológica.

CCI – Centro de Convivência do Idoso

O equipamento tem capacidade para acolher 200 idosos e está instalado na Rua Philomena Ciorlino, 250, Residencial Monte Carlo. Para a construção da unidade, o Governo de São Paulo investiu o montante de R$ 250 mil e a contrapartida da prefeitura foi de R$ 181 mil.

O CCI integra o Programa SP Amigo do Idoso, coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e tem por objetivo oferecer um espaço de socialização, para evitar o isolamento da pessoa idosa. No local, idosos independentes com mais de 60 anos têm a opção de despertar novas habilidades, por meios de diversas atividades socioeducativas.

De acordo com o secretário Gilberto Nascimento, a proposta do Governo de São Paulo é que todos os municípios paulistas tenham um serviço de assistência social direcionado a atender os idosos. “Queremos avançar na criação de uma cultura para o envelhecimento, na qual as pessoas idosas sejam valorizadas e tenham oportunidade de continuar participando e contribuindo com suas comunidades”.

O Governo de São Paulo inaugurou 47 Centros de Convivência do Idoso e outros 141 estão em execução. Além disso, o Estado de São Paulo conta com outros 210 equipamentos que funcionam como espaços de convivência semelhantes aos CCIs.

Sobre o Programa SP Amigo do Idoso

Lançado em 2012, o programa tem o objetivo de executar ações efetivas e integradas para a garantia do envelhecimento ativo do idoso, fortalecendo seu papel social e resultando em uma nova postura diante do envelhecimento.

O programa propõe ações intersecretariais voltadas à proteção, educação, saúde e a participação da população idosa do Estado. São 11 Secretarias de Estado envolvidas e o Fundo Social de Solidariedade (FUSSESP), sob a coordenação da Secretaria de Desenvolvimento Social.