• Home »
  • Noticias »
  • TAIÚVA – PRECATÓRIOS JUDICIAIS PODEM INVIABILIZAR A ADMINISTRAÇÃO!
TAIÚVA – PRECATÓRIOS JUDICIAIS PODEM INVIABILIZAR A ADMINISTRAÇÃO!

TAIÚVA – PRECATÓRIOS JUDICIAIS PODEM INVIABILIZAR A ADMINISTRAÇÃO!

TAIÚVA – PRECATÓRIOS JUDICIAIS PODEM INVIABILIZAR A ADMINISTRAÇÃO!

“A POPULAÇÃO DEVE SABER O QUANTO O MUNICÍPIO VEM, OBRIGATORIAMENTE, PAGANDO PRECATÓRIOS JUDICIAIS, MÊS A MÊS E, COM ISSO, FICA DIFICIL FAZER NOVOS INVESTIMENTOS COM RECURSOS PRÓPRIOS E, AINDA, NÃO PAGANDO 1 MÊS DESTES PRECATÓRIOS, É BLOQUEADO O FPM E COM ISSO, ATRASA-SE O PAGAMENTO COM FOLHA DE FUNCIONÁRIOS, ENERGIA ELÉTRICA ETC”, COMENTA O PREFEITO.

OBSERVE OS VALORES PAGOS DESDE 2013 ATÉ MARÇO DE 2018:

– EXERCÍCIO DE 2013: R$ 198.269,97

– EXERCÍCIO DE 2014: R$ 164.115,81

– EXERCÍCIO DE 2015: R$ 229.603,79

– EXERCÍCIO DE 2016: R$ 340.516,45

– EXERCÍCIO DE 2017: R$ 357.653,11

– EXERCÍCIO DE 2018 (JANEIRO À MARÇO): R$ 80.596,30

PARA O ANO DE 2019, ACUMULA-SE MAIS UM PRECATÓRIO, TRATA-SE DE AÇÃO MOVIDA A ANOS ATRÁS E O VALOR A SER PAGO ULTRAPASSA R$118 MIL REAIS.

ATÉ 2020, O PREFEITO KIKO (PTB) ENTENDE QUE A PREFEITURA DEVERÁ PAGAR POR MÊS: R$60.000,00 (SESSENTA MIL REAIS), SÓ DE DÍVIDAS; INVIABILIZANDO A APLICAÇÃO DE RECURSOS FINANCEIROS EM REFORMAS DE PRÉDIOS PÚBLICO, INVESTIMENTOS NA SAÚDE, EDUCAÇÃO E ESPORTES ETC.