• Home »
  • Noticias »
  • Artesp apoia campanha de conscientização contra o abandono de animais
Artesp apoia campanha de conscientização contra o abandono de animais

Artesp apoia campanha de conscientização contra o abandono de animais

Artesp apoia campanha de conscientização contra o abandono de animais

Os abandonos de animais diminuíram 5% nos últimos dois anos e a ação visa reduzir ainda mais esses números

São Paulo, 29 de março de 2018. A ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) e as 22 concessionárias do Programa de Concessão de Rodovias do Estado de São Paulo apoiam a campanha “Seja um Tutor Responsável”, promovida pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente. As ações tem início hoje, e tem o objetivo de reduzir o número do abandono de animais. Nas rodovias concedidas houve queda de 5% desse tipo de ocorrência nos últimos dois anos, evitando assim, atropelamentos e acidentes que podem ser causados por um animal na pista.

O Governador Geraldo Alckmin e o secretário do Meio Ambiente, Maurício Brusadin, anunciam hoje o Dia de Proteção Animal, com um conjunto de ações envolvendo a fauna silvestre e animais domésticos e domesticados.

Como parte da campanha, as concessionárias de rodovias exibirão a frase “Seja responsável, não abandone animais nas rodovias” nos 274 painéis eletrônicos de mensagens espalhados pelos 8,3 mil quilômetros de rodovias concedidas do Estado. As concessionárias já realizam constantes campanhas nas estradas, mas ainda é necessário conscientizar as pessoas para que elas cuidem bem de seus bichinhos de estimação.

“O abandono de animais nas rodovias é mais comum em vésperas de feriados e festas de fim de ano, pois os donos não têm onde deixar o animal e acabam abandonando seus bichos de estimação”, comenta o coordenador de Meio Ambiente da ARTESP, Pedro Romanini.

O abandono de cães e gatos vem diminuindo nos últimos anos, mas o número ainda é muito alto. Em 2017 foram encontrados 15.268 gatos e cachorros mortos nas rodovias paulistas concedidas, 5% a menos em relação a 2015.

Os números de cães abandonados nas rodovias são sempre maiores que o de gatos. Só em 2017, 12.541 cachorros foram encontrados atropelados nas rodovias, enquanto, foram encontrados no mesmo período, 2.727 gatos. O número de atropelamentos de gatos caiu mais do que o de cães na comparação entre 2015 e 2017. A redução entre os bichanos foi de 9%, enquanto entre os cães foi de 4%.

Prevenção. Para reduzir os riscos de acidentes envolvendo animais, as concessionárias adotam uma série de medidas preventivas sob orientação da ARTESP. As ações vão desde o monitoramento constante das pistas por sistema de câmeras até a instalação de telas ao longo de trechos das rodovias e a construção de passagens de fauna para os animais atravessarem sem cruzar diretamente a pista. Em toda a malha de rodovias concedidas no Estado de São Paulo, atualmente existem 117 passagens de fauna já instaladas. Além dessas, outras 36 estão em processo de implantação.

Quando um animal é resgatado com vida, porém machucado, em uma rodovia, ele é direcionado a cuidados veterinários custeados pela concessionária. E posteriormente é encaminhado aos centros de zoonoses das administrações municipais ou pátios de apreensão. Os cães e gatos são levados para ONGs que providenciam a adoção, já os animais silvestres são reintegrados à natureza ou levados para zoológicos.

Também é feito um trabalho com os donos de animais nas regiões próximas às margens de rodovias. Essa é uma das principais ações concessionárias, que conscientizam os moradores vizinhos às estradas, e os alertam sobre os riscos que podem ser causados caso seus animais invadam a pista. Também destacam a importância da constante manutenção de cercas e alambrados das propriedades, para evitar possíveis fugas.

SERVIÇO – O QUE FAZER QUANDO IDENTIFICAR ANIMAIS NA PISTA

  • Reduza a velocidade.

  • Nunca buzine, para não assustar o animal.

  • Não pisque os faróis ou jogue luz sobre o animal.

  • Feche os vidros do veículo ao passar perto de animais de grande porte.

  • Se for necessário ultrapassar, siga por trás dos bichos.

  • Depois de ultrapassar os bichos, sinalize para os motoristas que vêm em direção oposta sobre o perigo, piscando os faróis. Piscar três vezes o farol e posicionar a mão para baixo com quatro dedos abertos indica a presença de animais na pista.

  • Ligue e comunique o fato para o 0800 da concessionária responsável pela rodovia.

  • Ligue e comunique o fato para a Polícia Militar Rodoviária.

Algumas dicas da campanha Seja um Tutor Responsável são:

  • Castre seu animal para evitar crias indesejadas e doenças;

  • Leve seu cão para passear, mas sempre de coleira e guia;

  • Vacine e vermifugue seu animal todos os anos;

  • Cães e gatos precisam de boa alimentação, água fresca e potes limpos;

  • Mantenha a higiene do seu bichinho e o identifique com plaqueta ou microchip;

  • Cães precisam de espaço amplo, limpo e protegido do sol, da chuva e do vento

  • Jamais abandone seu animalzinho de estimação. A única coisa que ele quer é o seu amor!