• Home »
  • Barrinha »
  • Vereador afirma ser esquizofrênico e que não pode exercer funções publicas
Vereador afirma ser esquizofrênico e que não pode exercer funções publicas

Vereador afirma ser esquizofrênico e que não pode exercer funções publicas

Vereador afirma ser esquizofrênico e que não pode exercer atividades
Vereador entra com Processo Judicial contra a FAZENDA PUBLICA DO ESTADO DE SÃO PAULO afirma ser EZQUIZOFRÊNICO e que não pode exercer atividades.
Vereador Ivan Botega toma duas posições Antagônicas. Durante as sessões da Câmara AFIRMA que fará de tudo para trabalhar pelo povo de Barrinha.
Entretanto, o Senhor Ivan Inácio Botega ingressou com uma ação contra a Fazenda Pública do Estado de São Paulo após ele pedir exoneração,  publicada no Diário Oficial em 15 de junho de 2012 da Policia Militar do Estado de são Paulo,
Processo nº 0032963- 87.2009.8.26.0053 (053.09.032963-8)
AFIRMA em ação judicial ser UM PACIENTE PSICOTICO, COM SINTOMAS DELIRANTES E ALUCINATÓRIOS.

Um fato estranho, já que ele mesmo alega no pedido de afastamento da Polícia Militar sofrer transtornos, mas exerce normalmente suas atividades parlamentares na Câmara Municipal de Barrinha como vereador e também como Advogado já que na ação o mesmo afirma que:
“Após a realização de vários exames foi constatado, através de laudos periciais expedidos por diversos médicos psiquiatras, que o autor é portador de várias patologias, tais como: “Esquizofrenia” – CID 10 – F 20.0; “Transtorno Depressivo Recorrente, episódio atual sem sintomas psicóticos” – CID 10 – F 32.2; “Transtorno depressivo recorrente, episódio atual grave com sintomas psicóticos”; “Transtornos persistentes do humor (afetivos)” – CID 10 – F 34; “Outros transtornos ansiosos” – CID 10 – F 41; “Reações ao „stress grave e transtornos de adaptação” – CID 10 – F 43; “Transtornos específicos da personalidade” – CID 10 – F 43; “Personalidade Esquizóide” – CID 10 – F 60.1; “Transtorno de personalidade “Borderline” – CID – 60.3.”

Ao longo desse tempo não se percebe que o Senhor Ivan Inácio Botega demonstra tais sintomas, pois as falas conforme vídeos analisados o mesmo é bem lúcido nos gestos e palavras nos pareceres e no uso da tribuna das sessões da câmara, como pode ser visto e ouvido na última sessão dia 15 de fevereiro de 2018.
https://www.youtube.com/watch?v=GjafiJfmbRQ

Nesta Sessão o Vereador Ivan Botega diz: “A data de hoje vai ficar registrada na minha memória como uma grande decepção política quando eu decidi trabalhar pelo povo”; em outro trecho o mesmo diz: “Na política quem mente mais e quem mente melhor agrada mais o povo”

Procurado pelo jornal Cidades sobre o assunto o vereador disse que não iria se pronunciar.

Vereador como registrar algo na memória após o senhor ter relatados todas essas patologias e mais afirmar nos autos: “Transtorno de Personalidade “Borderline”???