• Home »
  • Matao Taquaritinga »
  • Um dos três acusado pelo morte do policial no caso do Padre Edson Maurício se entregou na cidade de Santa Ernestina.
Um dos três acusado pelo morte do policial no caso do Padre Edson Maurício se entregou na cidade de Santa Ernestina.

Um dos três acusado pelo morte do policial no caso do Padre Edson Maurício se entregou na cidade de Santa Ernestina.

Diego Afonso Siqueira Santos, de 21 anos, conhecido como Cocão se apresentou nesta quarta (28) na delegacia de Santa Ernestina.

Um dos acusados da morte do sargento da Polícia Militar Paulo Sérgio Arruda, na semana passada, se entregou à Polícia Civil nesta quarta-feira (28). Diego Afonso Siqueira Santos, de 21 anos, optou por se apresentar na Delegacia de Santa Ernestina. Na presença do seu advogado, não quis comentar nada a respeito do caso, afirmando que irá se pronunciar apenas à Justiça.

 Diego deve permanecer em Santa Ernestina hoje e ser encaminhado ao Anexo de Detenção Provisória (ADP) de Araraquara amanhã. A hipótese mais provável é que ele tenha optado por se apresentar na cidade vizinha para já ir diretamente para a Cadeia, sem ter que ser transferido e, assim, evitar contato com os policiais.  

O jovem de 21 anos é apontado como um dos amigos de Edson Ricardo da Silva, 32, conhecido como Banana, e teria sido um dos autores de um vídeo em que Banana e o padre Edson Maurício, da Igreja Santo Expedito, de Matão, praticam uma relação sexual. Até onde se sabe, essa gravação estaria sendo usada para extorquir dinheiro do sacerdote. A ideia era receber ao menos R$ 60 mil para apagar a filmagem.  

O acusado que se apresentou hoje só teve problemas com a Polícia quando era adolescente e é o único que não está sendo representado pelo advogado Luis Augusto Pena, de Matão. Os outros dois suspeitos, Banana e Luis Antônio Carlos Venção, de 28 anos, seguem foragidos.  

Fonte :www.acidadeon.com/araraquara