• Home »
  • Noticias »
  • Depois de denunciar situação de creche em Taiuva, jornalista é ameaçado por “amigo” dos Berci
Depois de denunciar situação de creche em Taiuva, jornalista é ameaçado por “amigo” dos Berci

Depois de denunciar situação de creche em Taiuva, jornalista é ameaçado por “amigo” dos Berci

Uma creche que segundo o FDE já recebeu todos os recursos, mas cujas obras estão paradas e sem previsão de término. Esta é a situação em Taiuva, deixada pelo Prefeito anterior.

A creche começou a ser construída em 2014 e deveria ter ficado pronto um ano depois. O contrato, com valor inicial de R$ 1,6 milhão, já foi prorrogado quatro vezes e não há prazo para que a construção termine.

A construção da creche no Jardim Amália foi vistoriada pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP)  e  a Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE), órgão ligado à Secretaria de Educação de São Paulo, notificou a Prefeitura sobre a necessidade de correções nas esquadrias metálicas do prédio.

A FDE informou, em nota, que já fez todos os repasses de recursos para a Prefeitura de Taiúva e que já notificou a administração sobre o ritmo lento da obra.

AMEAÇAS

Após a denuncia o jornalista recebeu  mensagens em seu celular de números com DDD de  São Paulo 011 977515659, com ameaça vindo de uma pessoa identificada como Adailson, AMIGO DOS BERCI, sugerindo que o jornalista parasse com as matérias.