Movimento quer diminuir número de vereadores em Jaboticabal

Movimento quer diminuir número de vereadores em Jaboticabal

 O presidente da AMAJAB (Amigos Associdados de Jaboticabal), Orlando da Silva Júnior, protocolou nesta data 31.05.2016 na câmara municipal um projeto de lei de iniciativa popular com 2.629 assinaturas, com o objetivo de: Fixar o teto e os critérios para alteração no subsídio mensal dos Vereadores, Prefeito, Vice-Prefeito e Secretários do Município bem como os repasses financeiros do município de Jaboticabal para a Câmara.

O referido projeto além de reduzir os subsídios de todos os agentes políticos, reduz também o percentual do repasse da prefeitura para a câmara municipal que era de 7 e cai para 4%, ou seja: O total da despesa do Poder Legislativo Municipal, incluídos os subsídios dos Vereadores e excluídos os gastos com inativos, não poderá ultrapassar de 4% (quatro por cento) relativos ao somatório da receita tributária e das transferências previstas no § 5º. do artigo 153 e nos artigos 158 e 159, efetivamente realizado no exercício anterior; mediante a consulta e aprovação prévia do referido projeto por parte da população da cidade de Jaboticabal e seus distritos.

Assim, a redução anual só com subsídios chega a R$ 1.256.093,60 (Um milhão duzentos e cinquenta e seis mil, noventa e três reais e sessenta centavos), além do valor da redução do percentual, poderemos chegar a quase R$ 4 milhões de reais que deve ser aplicado na saúde. Além disso o projeto prevê que todas as alterações deverá ser submetido a um plebiscito, ou seja, chamando o povo para votação.