• Home »
  • Noticias »
  • Cidades de São Paulo tem ‘Dia D’ de vacinação contra a gripe neste sábado
Cidades de São Paulo  tem ‘Dia D’ de vacinação contra a gripe neste sábado

Cidades de São Paulo tem ‘Dia D’ de vacinação contra a gripe neste sábado

SP tem ‘Dia D’ de vacinação contra a gripe neste sábado

Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo pretende vacinar 9,5 milhões de paulistas contra o vírus Influenza, causador da H1N1 e outras gripes

Amanhã (sábado, 30) é o ‘Dia D’ da campanha de vacinação contra a gripe nos postos de saúde. É o dia que começa oficialmente a campanha nacional de vacinação. A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo pretende vacinar 9,5 milhões de paulistas contra o vírus Influenza, causador da H1N1 e outras gripes. O número corresponde à meta de 80% das 11,9 milhões de pessoas que formam o público-alvo da campanha. No ‘Dia D’, os postos estarão abertos até às 17h.

As doses estarão disponíveis a partir deste sábado (30) na rede pública para bebês com seis meses ou mais e crianças menores de cinco anos de idade. Também serão imunizados idosos a partir dos 60 anos, gestantes, puérperas (mulheres que tiveram filhos nos últimos 45 dias), indígenas, e profissionais de saúde que trabalham nos hospitais e unidades de pronto atendimento, públicos e privados, e nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) em todo o estado.

A partir do dia 9 de maio, a vacinação se estende para pessoas diagnosticadas com doenças crônicas e demais profissionais de saúde. A campanha termina no dia 20 de maio, para todo o público-alvo em todo o Estado, e a população contará com mais de 4 mil postos de vacinação, que irão funcionar de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Além de imunizar a população contra a gripe A H1N1, tipo que se disseminou pelo mundo na pandemia de 2009, as doses irão proteger a população contra os vírus do inverno de 2016, A/Hong Kong (H3N2) e B/Brisbane. A vacina foi produzida pelo Instituto Butantan, órgão ligado à pasta, através de um processo de transferência de tecnologia.

Vacinação Antecipada
O estado de São Paulo intensificou as medidas de proteção à população desde o dia 23 de março, quando deu início a vacinação extra em 67 municípios da região de São José do Rio Preto, utilizando doses remanescentes de 2015. A partir do dia 4 de abril, a antecipação na região passou a ocorrer já com as doses de 2016.

O reforço da imunização é decorrente da prevalência do número de casos nessa área, em comparação ao total do território paulista. Ainda assim, todos os moradores dessas cidades que tomaram as doses de 2015 também deverão ser vacinados durante a campanha nacional de 2016, pois as doses têm composições distintas.

Em 4 de abril, profissionais de saúde de hospitais públicos e privados da capital e região metropolitana da grande São Paulo começaram a ser vacinados.

No dia 11 de abril, a vacinação antecipada foi ampliada para as crianças maiores de seis meses e menores de cinco anos, gestantes e aos idosos da capital e grande São Paulo.

No total, junto com os profissionais de saúde, cerca de 3,2 milhões de paulistanos da Grande SP já foram vacinados, o que corresponde à 33,6% da meta da população que deve ser vacinada em todo o Estado, que é de 9,5 milhões.

Fonte – http://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/lenoticia2.php?id=245673