Mãe perde filho e familiares acusam UPA de negligência em Jaboticabal

Mãe perde filho e familiares acusam UPA de negligência em Jaboticabal

Roberta Cristina de Araujo, que estava grávida,  foi atendida na UPA ontem, dia 27, por volta das 21 horas com perda de liquido e após consulta o médico mandou a mãe retornar pra casa.

Porém na noite, a mulher entrou em trabalho de parto, e veio a ter a criança em casa. A criança teve problemas e veio a morrer.

Os familiares acusam a UPA de negligência.

A coordenadora da UPA disse que está sendo aberta sindicância interna e  está levantando os procedimentos, e verificando se houve falha no atendimento.