Câmara repassa mais R$ 1 milhão para entidades de Jaboticabal

Câmara repassa mais R$ 1 milhão para entidades de Jaboticabal

Nesta manhã, dia 30, às 9 horas, o Presidente da Câmara Municipal de Jaboticabal, Dr. Edu Fenerich e demais vereadores estiveram na sala de reuniões da Prefeitura Municipal para a devolução de R$ 921.199,41 (novecentos e vinte e um mil, cento e noventa e nove reais e quarenta e um centavos), dos recursos economizados pela Câmara Municipal.

Tais recursos foram destinados para:

  • SAAEJ: R$ 316.199,41

  • Hospital Santa Isabel: R$ 200.000,00

  • Instituto Médico Legal (IML): R$ 100.000,00

  • Recanto Menina: R$ 50.000,00

  • SECIVE: R$ 50.000,00

  • UNENLAR: R$ 50.000,00

  • CEVER: R$ 50.000,00

  • APAE: R$ 50.000,00

  • Casa do Menor Aprendiz: R$ 50.000,00

  • Escola Estadual “Aurélio Arrobas Martins” (ESTADÃO)- material para construção de uma travessia elevada (lombo faixa): R$ 5.000,00

Com a devolução de R$ 200.000,00 feita no último dia 03 de dezembro, cujos valores foram distribuídos da seguinte forma: R$ 50 mil para a aquisição de uma bomba d’água na região do bairro Morada Nova, que melhorará a distribuição de água no local; R$ 50 mil para a Unidade de Atendimento ao Deficiente Visual Olhos da Alma, mantida pela Associação Cristiane da Costa, que atende pessoas com deficiência visual e/ou deficiência múltipla, em Jaboticabal e cidades circunvizinhas; R$ 50 mil para a ABCDown – Associação do Bem Comum ao Down, que atende pessoas com Síndrome de Down (bebês, crianças, jovens, adultos e idosos) de ambos sexos, pessoas com deficiência intelectual e crianças e adolescentes da rede regular de ensino que apresentam déficit de aprendizagem;  R$ 50 mil para a Creche Maria do Carmo Abreu Sodré, localizada na Av. General Osório; o total da economia feita até agora pela Câmara Municipal foi de R$ 1.121.199,41 (um milhão, cento e vinte e um mil, cento e noventa e nove reais e quarenta e um centavos).

“Essa é, portanto, em verdade, a forma de agir da Câmara Municipal de Jaboticabal que, sem abrir mão de decidir, dentro da lei, aquilo que faz ou deixa de fazer para seu regular funcionamento, realiza tamanha economia e, em decorrência, pode beneficiar tantas e tão importantes entidades”, afirmou o Presidente Dr. Edu Fenerich.