Notícia de Matão/Taquaritinga
Com prisão na sexta (3), Polícia de Matão conclui caso intrigante
Postado em 04/02/2024

Com prisão na sexta (3), Polícia de Matão conclui caso intrigante

Com prisão na sexta (3), Polícia de Matão conclui caso intrigante Fernando de Oliveira, de 45 anos, foi encontrado morto com um tiro na cabeça no quintal de uma residência na Rua Itápolis, no Jardim Buscardi, em Matão. O fato aconteceu no dia 23 de agosto de 2023 e foi elucidado completamente nessa sexta-feira, 2 de fevereiro de 2024. O caso A Polícia Militar localizou um veículo Fiat/Palio abandonado em uma mata no Jardim Paraíso, com um aviso de "Vende-se" contendo o endereço da residência onde o crime aconteceu. Durante a averiguação sobre o veículo abandonado, o corpo de Fernando foi localizado na casa. O autor do disparo, Rafael Maia Pimental, morador temporário na mesma casa, foi preso pela Polícia Civil na rodoviária de Matão, tentando fugir. Ele confessou o crime, mencionando uma relação conturbada com a vítima. O que parecia resolvido, entretanto, apresentaria um novo desfecho. O proprietário da casa, Donizeti Sigri, aposentado e cadeirante, acabou preso nessa sexta-feira (3) pelo homicídio e também por roubo. Fato estranho Segundo informações das autoridades, Donizeti compareceu ao sepultamento da vítima antes de ser acusado, mas já era investigado pela Polícia Civil de Matão. Rafael, autor do disparo, confessou que Donizete emprestou a arma do crime. Durante as investigações da Polícia Civil foi apurado que Donizeti emprestava a arma para a prática de assaltos, inclusive um na Praça da Abolição horas antes do homicídio. (Com informações de Portal Matão)

.
.



Jornal Cidades ⓒ Copyright 2024