Notícia da Região
Prefeitura Municipal de Sertãozinho confirma 33 novos casos de COVID 19
Postado em 01/07/2020

Prefeitura Municipal de Sertãozinho confirma 33 novos casos de COVID 19

Prefeitura Municipal de Sertãozinho confirma 33 novos casos de COVID 19
__________________________________________________________________________
- Os 33 casos confirmados nesta terça-feira, 30, se referem a:
- 11 pessoas do sexo feminino, residentes em Sertãozinho, que encontram-se em monitoramento e isolamento domiciliar, com idades de: 46, 28,
21, 35, 37, 09, 27, 28, 60, 81 e 30 anos;
- 1 pessoa do sexo feminino, 30 anos, residente em Sertãozinho, que está internada na Santa Casa de Sertãozinho;
- 19 pessoas do sexo masculino, residentes em Sertãozinho, que encontram-se em monitoramento e isolamento domiciliar, com idades de: 56, 34,
39, 40, 29, 24, 36, 37, 41, 58, 32, 34, 30, 26, 61, 38, 49, 54 e 57anos;
- 1 pessoa do sexo masculino, 57 anos, residente em Sertãozinho, que está internado na Santa Casa de Sertãozinho;
- 1 pessoa do sexo masculino, 70 anos, residente em Sertãozinho, que está internado na Santa Casa de Sertãozinho.
NOTAS:
a) Os números se referem a atendimentos realizados nas redes pública e privada de Sertãozinho.
b) Um óbito suspeito está investigação. Trata-se de um paciente 91 anos, residente em Cruz das Posses, com comorbidades, que faleceu no dia
28/06/2020, na Santa Casa de Sertãozinho.
c) Com o objetivo de otimizar a visualização dos dados, a partir de 16/06/2020 as informações sobre os casos confirmados passaram a ser tabuladas em novo
formato de apresentação, com detalhamento específico somente dos casos confirmados no dia.
IMPORTANTE: conforme recomendações emitidas pelo Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo, desde o dia 26/05/2020 a notificação e
coleta de casos suspeitos passaram a ser realizadas na população sintomática possivelmente vetora (profissionais da Saúde, da Segurança, da Limpeza Pública
e dos Transportes Públicos) e na população sintomática com condições de risco: pessoas com 60 anos ou mais; cardiopatas graves ou descompensados
(insuficiência cardíaca, infartados, revascularizados, portadores de arritmias, hipertensão arterial sistêmica descompensada); pneumopatias graves ou
descompensados (dependentes de oxigênio, portadores de asma moderada/grave, DPOC); doenças neurológicas: antecedente de AVC, esclerose múltipla,
esclerose lateral amiotrófica, Mal de Parkinson; obesidade IMC >30; imunodeprimidos; doentes renais crônicos em estágio avançado (graus 3, 4 e 5); diabéticos,
conforme juízo clínico; gestantes de alto risco; portadores de doenças cromossômicas (ex. Síndrome de Down); população em situação de vulnerabilidade social
(população em situação de rua, quilombolas, povos indígenas) e casos suspeitos em instituições fechadas

.



Jornal Cidades ⓒ Copyright 2020