Notícia de Pitangueiras/Taiaçu/Taiúva
CDP de Taiúva tem 11 detentos isolados e 3 funcionários afastados com sintomas da Covid-19, diz SAP
Postado em 29/06/2020

CDP de Taiúva tem 11 detentos isolados e 3 funcionários afastados com sintomas da Covid-19, diz SAP

 

Catorze pessoas, entre detentos e funcionários do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Taiúva (SP), estão afastadas ou isoladas por apresentarem sintomas do novo coronavírus, segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP).

Destas, pelo menos dois servidores já testaram positivo para a doença até sexta-feira (26), de acordo com a pasta. Nas contas da Prefeitura, no entanto, o número é ainda maior, de 5 pessoas, segundo balanço epidemiológico divulgado esta semana. Em toda a cidade, são 26 registros oficiais.

Instalado na Rodovia Brigadeiro Faria Lima (SP-326), o CDP de Taiúva atualmente tem 1.034 internos.

De acordo com a SAP, os dois funcionários que testaram positivo para a Covid-19 e um terceiro que apresentou sintomas foram afastados para permanecerem em casa.

"Todo servidor com suspeita de diagnóstico de Covid-19 está devidamente afastado sob medidas de isolamento em sua residência, conforme orientações do Comitê de Contingência do coronavírus e a secretaria acompanha seu quadro clínico, fornecendo todo o suporte necessário para sua recuperação", comunicou, em nota.

A pasta também informou que 11 presos do CDP estão isolados por terem apresentado sintomas da doença e que todos os casos foram comunicados à Vigilância Epidemiológica do município.

FONTE EPTV RIBEIRÃO PRETO 

Segundo a SAP, se confirmado o diagnóstico, os internos serão mantidos em isolamento na enfermaria do centro prisional durante o tratamento e poderão ser encaminhados para atendimento hospitalar em caso de agravamento do quadro clínico.

"Os servidores em contato com o paciente devem usar mecanismos de proteção padrão, como máscaras e luvas descartáveis", ressaltou.

No comunicado, a secretaria também informou que tem distribuído máscaras descartáveis e reutilizáveis em toda a rede prisional do estado, além de equipamentos de proteção individual (EPIs), como luvas, aventais, protetores faciais, toucas, óculos de proteção e álcool gel, aos funcionários.

Garantiu também que todas as atividades coletivas dentro dos CDPs estão suspensas para evitar aglomerações e que realiza busca ativa para casos de Covid-19 em toda a população prisional por meio de medições com termômetros infravermelho e oxímetros digitais portáteis.

.



Jornal Cidades ⓒ Copyright 2020